Conectando brasileiros pelo mundo.

Estudar fora do Brasil

Estudando lá fora

​​​​​​​​

Quando uma pessoa resolve estudar lá fora (no exterior), geralmente se tem um objetivo claro, seja aprender novas línguas, cursar o colégio, fazer uma graduação, pós-graduação ou doutorado. Porém, ter apenas a intenção não é o suficiente.

 

Estudar no exterior exige muita pesquisa e vontade, você tem que primeiro decidir em qual país e cidade você quer ficar. Por exemplo, no caso de querer aprender inglês os Estados Unidos parece ser o destino óbvio, mas também é um destino bem mais caro e as vezes não tão eficaz quanto ir para o Canadá ou Irlanda. O mesmo ocorre se for querer aprender espanhol, a Espanha parece ser a melhor opção, mas o mesmo resultado poder ser obtido nos nossos vizinhos latinos, como Chile e Argentina,  os quais são mais baratos, até mesmo pelo fato do real ser mais forte que as outras moedas latinas.

 

Outros fatores também devem ser considerados, se você decidir estudar por um período longo. Aprender uma nova língua, me parece ser o objetivo mais comum entre os brasileiros Lá Fora, e a forma mais eficaz de praticar o que se aprende em uma sala de aula, é trabalhando. É no ambiente de trabalho, que se conhece outras pessoas que não falam igual aos professores, os quais geralmente falam de maneira lenta e clara, fora que é na adrenalina do trabalho, somado a vontade de passar uma boa impressão, que geralmente o esforço de aprender e se dedicar mais acaba se expandindo.

 

Outro fator importante é a moradia, quando se está estudando, você geralmente vai ter "trabalhos de casa", que devem ser feitos fora da sala de aula. Se você morar com muita gente barulhenta ou festeira, pode parecer legal nas primeiras semanas, mas o seu desempenho nos estudos com certeza será afetado de uma maneira negativa.

 

Gerenciar custos enquanto se está estudando lá fora também é muito importante. Isso definirá a longevidade dos seus estudos. Lembre-se, escolas boas são caras, mesmo se você tiver uma bolsa de estudos, você ainda terá que pagar pelo menos pela sua alimentação, afinal ninguém vive de ar.

 

Se socializar é uma parte importante do aprendizado lá fora. Seja com brasileiros ou estrangeiros, é sempre bom conhecer pessoas novas e formar amizades com outras pessoas do seu curso ou da mesma escola. Assim você pode formar grupo de estudos, para tirar dúvidas daquela matéria difícil, e até mesmo relaxar um pouco falando bobagem para relaxar.

 

Quando se está estudando lá fora, você terá vários desafios e o aprendizado será dentro e fora da escola. Tudo é novo, as matérias do curso, a escola, os amigos, a cidade, a cultura do país e etc. Pode parecer difícil em um primeiro momento, mas com o tempo você pega o jeito e rapidamente você estará tirando isso de letra.

 

Gostou, não gostou ou tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário abaixo.

Compartilhe

Dicas Populares